segunda-feira, 26 de junho de 2017

ROSAS E ESTRELAS

               A rose 
               is a rose

               Gertrude Stein

                                                          

            Rosas são rosas, no dizer britânico.

            Ela disse rosas. Eu digo estrelas.
            E céus e átomos e neutrinos
            e o protoplasma que deu cor ao perfume das rosas
            e ao ser pensante que pensou sobre o próprio pensamento
            e ao feixe hertziano que há-de pairar
            sobre todas as cabeças de todos os seres pensantes,
            em todos os céus e todos os universos.

            Digo estrelas porque as estrelas também florescem
            e morrem
            como as rosas se acendem numa fragrância de cores
            e fenecem
            perdurando na memória do ser-pensante,
            ele próprio pó das estrelas, átomos e neutrinos
            como um deus eterno e distraído
            na solidão para sempre eterna e distraída.



Enviar um comentário